Rua General Osório, 375 - Vila Bocaina - MAUÁ
Telefones: 4544-2351 / 4518-6098 / 4514-3253

Nossa Escola

1 - Introdução

Este guia tem a finalidade de mostrar à comunidade escolar, com transparência, as normas e métodos de funcionamento do Centro Educacional Objetivo.
Está inteiramente baseado nos Regimentos Escolares de cada uma de suas unidades, regimentos estes perfeitamente conformes com a legislação vigente. Será utilizado em todas as situações do dia a dia.

Para mais detalhes sobre a Nossa Escola clique nos tópicos abaixo.

2 - Visão e Missão

“O Centro Educacional Objetivo é a maior escola particular do país e, por essa dimensão, a sua responsabilidade é muito grande. A instituição coloca-se como uma escola aberta às mudanças e às novas metodologias, buscando auxiliar os alunos na construção de novos conhecimentos. O processo escolar do Centro Educacional Objetivo privilegia que todos os envolvidos tenham prazer no aprendizado constante. Assim, alunos, professores, pais, funcionários e toda a comunidade envolvida devem compreender que a capacidade nunca termina e que seres humanos melhores são aqueles que aprendem sempre.”

3 - Objetivo

Objetivo geral da escola


Fazer uma escola aberta a mudanças e a novas metodologias, auxiliando seus alunos na construção de novos conhecimentos, a fim de integrá-los culturalmente.

Objetivo geral do curso de Ensino Fundamental


Proporcionar aos alunos oportunidades de interação, integração e socialização, conforme os diferentes níveis, visando desenvolver:
a) Capacidade de aprender;
b) Cidadania;
c) Responsabilidade;
d) Autonomia;
e) Equilíbrio entre o emocional e o racional.

Objetivo geral do curso do Ensino Médio


Dar continuidade ao processo de valores adquiridos nos ensinos anteriores, contribuindo para a formação de opiniões autônomas e para a geração de cidadãos integrados a uma sociedade em mudança e à procura de novos rumos.

4 - Material Didático

O Colégio Objetivo oferece aos seus alunos material didático completo e diferenciado, especialmente elaborado pelos coordenadores das áreas. Esse material orienta nossa prática pedagógica diária, promovendo a participação do aluno em projetos interdisciplinares, laboratórios, jogos e trabalhos em grupo, aulas de literatura infantil, produção e interpretação de diferentes gêneros textuais, além de estimular o contato com o mundo das artes. Durante o ano letivo, são distribuídos aos alunos:

ENSINO FUNDAMENTAL – 6º ao 9º ano


Cadernos Bimestrais das áreas de Artes, História, Geografia e Ciências:


ARTES – O grande número de informações que nos chega pelas imagens exige uma educação voltada para a apreensão dessas informações, que permita e facilite o exercício da crítica por meio da busca de significados, do estabelecimento de relações e comparações além da articulação do conhecimento. Eles são estruturados para atender a essa necessidade, favorecendo o desenvolvimento das seguintes potencialidades humanas: a percepção, a observação, a imaginação e a sensibilidade. A abordagem dos cadernos permite que os alunos ampliem seus conhecimentos artísticos através de vivências, contextualização, leitura e apreciação de imagens;

HISTÓRIA – Os cadernos de História foram elaborados a partir do entrelaçamento dos assuntos relativos à História do Brasil e à História Geral, de acordo com o que se convencionou chamar de História Integrada. São cadernos de leitura e de trabalho voltados para o uso efetivo do aluno, de maneira a envolvê-lo no processo de conhecimento. Além de fornecerem as informações básicas necessárias para a compreensão dos diferentes assuntos tratados, procuram estimular a atividade de pesquisa e análise de documentos históricos, bem como debates e discussões que levam a um posicionamento crítico do aluno;

GEOGRAFIA – O material de Geografia busca ajudar nossos alunos na leitura da realidade atual, destacando, de um lado, as diferenças nela contidas e, de outro, sua natureza global. Para tanto, o material foi concebido com imagens, mapas, laboratórios e outros materiais de pesquisa que propiciam aos alunos a apreensão de conceitos básicos, necessários para o domínio dos diferentes temas tratados. Os cadernos também incentivam o raciocínio e a reflexão crítica, pois propõem discussões baseadas em eventos do cotidiano e em informações veiculadas pela mídia, tendo sempre em vista o papel do aluno como agente social e cidadão;

CIÊNCIAS – O material de Ciências foi elaborado com o objetivo de permitir que o aluno tenha uma ampla visão dos assuntos pertinentes à Biologia (Ecologia em especial), à Física e à Química. Além disso, as experiências de laboratório permitem uma melhor compreensão dos assuntos estudados nas aulas teóricas. Em todas as séries existe a preocupação de relacionar a matéria dada com o dia-a-dia do aluno, possibilitando o desenvolvimento do raciocínio lógico e do olhar crítico.

Cadernos Bimestrais das áreas de Matemática, Português e Inglês:


MATEMÁTICA – Os cadernos de Matemática enfocam situações da vida cotidiana, (Matemática Aplicada), tendo como objetivo levar o aluno a apreciar e valorizar a Matemática, a ser capaz de resolver problemas, raciocinar, comunicar-se matematicamente e, principalmente, acreditar na sua própria capacidade. Os textos usados são informativos, envolventes e seguem as orientações dos Parâmetros Curriculares Nacionais, que pedem a integração entre a Matemática e as demais disciplinas. Os alunos trabalham também com aulas práticas, que transformam conceitos abstratos em situações concretas.O aspecto visual do caderno favorece bastante o aprendizado, além de embelezar e tornar mais atrativo o material;

PORTUGUÊS – O material de Português foi elaborado, tendo como ponto de partida três objetivos principais complementares:
Desenvolvimento das habilidades comunicativas básicas de expressão oral e escrita – os textos foram escolhidos de acordo com a faixa etária e ligados ao estudo das estruturas da língua para melhor apreensão dos conteúdos estudados;
Desenvolvimento do raciocínio lógico – sendo a leitura uma habilidade de comunicação, os livros e os textos sugeridos propiciam ao aluno contato com diferentes ideias e pontos de vista. Assim, possibilitam o abandono do ponto de vista egocêntrico, permitindo o desenvolvimento do raciocínio reflexivo e da argumentação;
Desenvolvimento da reflexão crítica – as atividades de interpretação e produção de textos também convergem para o objetivo geral do processo educativo, ou seja, desenvolvimento, no aluno, das capacidades de observação, reflexão, discriminação de valores, julgamento e formação de atitudes sociais condizentes com a civilidade, o espírito de cooperação e a ausência de preconceitos.

Gramática da Língua Portuguesa (terceiro bimestre) – 9º ano;

INGLÊS – O material de Inglês foi elaborado segundo o Communicative Approach, no qual alunos e professores trabalham com o objetivo de promover uma comunicação integrada em língua estrangeira. Buscamos, ainda, promover a leitura e a interpretação de textos, utilizando assuntos pertinentes ao universo da criança e do adolescente. As atividades e os exercícios têm como objetivo a prática dos conteúdos já estudados e também chamar a atenção do aluno para os pontos principais da matéria, fazendo dele um leitor e aprendiz com olhar crítico e construtivo.

Agendas escolares anuais: utilizadas pelos alunos para anotações diárias, facilitando a organização pessoal e escolar.

LIVROS DE LITERATURA


Os livros de Literatura foram criteriosamente selecionados por nossos coordenadores e serão lidos, sob a orientação dos professores, durante o ano letivo. Nesses momentos, pretendemos favorecer o diálogo com os textos sugeridos, estreitando, dessa maneira, a relação do aluno com o livro como fonte de informação e prazer. A seguir, a lista dos livros da leitura dirigida:

6º ano

As mil e uma noites – contos árabes com adaptação de Paulo Sérgio de Vasconcellos
Cupido e Psiquê e outras narrativas da Literatura Mundial – contos populares e lendas de diversas culturas com adaptação de Paulo Sérgio de Vasconcellos
Mitos Gregos – histórias da mitologia grega com adaptação de Paulo Sérgio de Vasconcellos
Sonhos de uma Noite de verão – comédia teatral de William Shakespeare

7º ano

Viagens de Gulliver – romance satírico de Jonathan Swift
Alice no País das Maravilhas – livro de aventuras de Lewis Carrol
Cyrano de Bergerac – peça teatral de Edmond Rostand
Coletânea de contos brasileiros de diversos autores

8º ano

Quem conta um conto... e outros contos – coletânea de contos nacionais do século XIX de diversos autores
O Anel de Polícrates e outras histórias – histórias variadas de autores estrangeiros
O Noviço e O juiz de paz na roça – comédias teatrais de Martins Pena
Romeu e Julieta – tragédia teatral de William Shakespeare

9º ano

Quatro Contos – contos policiais da Literatura Inglesa e Norte-Americana
Coletânea de Poesias – poesias diversas de autores nacionais
Brás, Bexiga e Barra Funda – contos nacionais de Alcântara Machado
Odisséia – epopéia grega de Homero com adaptação de Paulo Sérgio de Vasconcellos

ENSINO MÉDIO – 1º e 2º ano


Cadernos Bimestrais contendo as disciplinas: Português, Matemática, História, Geografia, Biologia, Química, Física e Inglês. Trazem o conteúdo das várias disciplinas e exercícios propostos organizados, aula por aula, em unidades;

Gramática da Língua Portuguesa: para o 1º ano;

Cadernos Bimestrais de TC – Tarefa de Casa: contendo exercícios para serem desenvolvidos em casa sobre as disciplinas: Física, Química, Biologia, Português, Inglês, História, Geografia e Matemática;

Cadernos Bimestrais de TC – Resolução: contêm as resoluções dos exercícios do caderno de TC;

LIVROS DE LITERATURA


Os livros relacionados abaixo são comumente utilizados ao longo do ano e são reedições fiéis das obras literárias, com introdução, orientações para leitura e vocabulário, elaborados pelos professores do Colégio Objetivo.

1º e 2º ano

Auto da Barca do Inferno – Gil Vicente
Contos – Machado de Assis
Memórias de um Sargento de Milícias – Manuel Antônio de Almeida
Iracema – José de Alencar
Dom Casmurro e Memórias Póstumas de Brás Cubas – Machado de Assis
O Cortiço – Aluísio de Azevedo;
Triste Fim de Policarpo Quaresma – Lima Barreto
Brás, Bexiga e Barra Funda – Antonio de Alcântara Machado

ENSINO MÉDIO – 3º ano


Cadernos Bimestrais, contendo as disciplinas: Biologia, Português, Química, Inglês, Física, Geografia, Matemática, História. Os cadernos contêm exercícios para serem resolvidos em sala de aula e orientações de estudo para a realização das tarefas de casa que se encontram nos livros da coleção.

Fichas-resumo: Contêm o resumo dos conteúdos teóricos. Os alunos recebem no 1º bimestre.

Tabelas: resumos para consulta rápida. Os alunos recebem no 1º bimestre.
Nº 1 – Português
Nº 2 – Inglês
Nº 3 – Química
Nº 4 – Biologia
Nº 5 – Biologia

Cadernos de Revisão: 1ª Revisão (Novembro – 4 semanas) – Biologia, Física, Geografia, História, Inglês, Matemática, Português e Química: Revisão direcionada para a 1ª fase dos Vestibulares, composta de um caderno de exercícios com questões do tipo teste e um caderno de tarefa com questões para serem resolvidas em casa;
2ª Revisão (Dezembro – 6 semanas ) – Biologia, Física, Geografia, História, Inglês, Matemática, Português e Química: Revisão para os vestibulares composta de um caderno com questões do tipo teste e discursivas.

Coleção de Livros que ficam na escola para consulta dos alunos: contêm a teoria das disciplinas, exercícios resolvidos e exercícios-tarefa:

BIOLOGIA

1 Citologia, Genética, Biologia Vegetal e Biologia Animal
2 Genética, Biologia Vegetal e Biologia Animal
3 Citologia e Genética: Biologia Vegetal e Ecologia, Biologia Animal
4 Genética e Embriologia, Biologia Vegetal e Biologia Animal

FÍSICA

1 Cinemática, Termologia, Eletrodinâmica e Eletromagnetismo
2 Cinemática, Mecânica, Termologia, Óptica, Eletromagnetismo e Eletrostática
3 Mecânica, Óptica, Eletrostática e Ondas
4 Mecânica e Ondas

GEOGRAFIA

1 Geografia do Brasil: Quadro Natural e Humano
2 Geografia Geral
3 Geografia Econômica do Brasil
4 Europa e CEI
5 Geografia Econômica do Brasil
6 América, África e Oceania

HISTÓRIA

1 História Geral
2 História Integrada
3 História Geral
4 História Integrada

INGLÊS

1 Inglês

MATEMÁTICA

1 Álgebra, Trigonometria e Geometria
2 Álgebra, Trigonometria e Geometria Plana
3 Álgebra, Geometria Analítica e Geometria Métrica
4 Álgebra, Geometria Analítica e Geometria Métrica e de Posição

PORTUGUÊS

1 Gramática
2 Literatura Portuguesa
3 Literatura Brasileira
4 Literatura Brasileira
5 Literatura Brasileira
6 Literatura Brasileira
7 Redação

QUÍMICA

1 Química Geral e Inorgânica, Físico-Química e Química Orgânica
2 Química Geral e Inorgânica, Físico-Química e Química Orgânica
3 Química Geral e Inorgânica, Química Orgânica e Físico-Química
4 Química Geral e Inorgânica, Química Orgânica e Físico-Química

ENSINO MÉDIO – 1º, 2º e 3º ano


Cadernos de Filosofia/Sociologia: os cadernos de Filosofia e Sociologia são divididos em módulos editados separadamente. São alguns títulos dos módulos em Filosofia: Introdução à Filosofia; Antropologia Filosófica; Ética - Uma Dimensão do Homem; Pensamento e Conhecimento; Reflexões sobre a Vida; Filosofia, Estética e Arte; Filosofia Política; Filosofia da Linguagem, entre outros temas. São alguns títulos dos módulos em Sociologia: Introdução à Sociologia; Desigualdade, Pobreza e Exclusão; Ideologia, Consciência e Alienação; Conceitos Fundamentais da Sociologia; Diversidade e Estigma; Globalização, Sociedade e Cultura; Responsabilidade Social e Política de Inclusão, Modernidade, Pós-Modernidade e Multiculturalismo; entre outros temas.

5 – Estratégias

Para alcançarmos os objetivos propostos, buscamos sempre a capacitação de nosso corpo docente e equipe educacional através de reuniões periódicas:
Reuniões por Disciplina
Reuniões por Área
Reuniões por Curso
Reuniões Gerais

Nossas estratégias em sala de aula privilegiam a construção do conhecimento por meio de:
Interdisciplinaridade;
Trabalho com hipóteses e reflexão;
Intervenção planejada por parte do professor (desafiadora), visando aos avanços do educando;
Ampliação do conhecimento com a prática do trabalho em grupo;
Adequar nível de dificuldade (sucesso/autoestima);
Atendimento do educando fora da sala de aula (Plantão de Dúvidas);
Orientação de Estudo;
Incentivo à admiração do aluno pelo conhecimento;
Respeito à fantasia da criança;
Investigação do conhecimento do aluno (diálogo sobre a dificuldade).

Princípios que norteiam nosso trabalho


Proposta Humanista - Em que se privilegia a relação aluno-professor, buscando a visão do educando como um ser pessoal, merecedor de todo respeito e a compreensão de sua individualidade, potencialidades e limitações.

Professor – Facilitador da Aprendizagem - Valoriza-se a liberdade de expressão, encorajando o aluno à aventura do aprender, a relacionar-se mais efetivamente (pessoa a pessoa), tornando-o mais confiante.

Autoridade com base em Valores - Promovendo a disciplina, o bom convívio social e a reflexão sobre limites, atitudes e dificuldades relacionadas ao comportamento dos alunos.

Olhar Acolhedor - Preocupação de todos os educadores da escola em observar, acompanhar e ajudar o aluno a superar suas dificuldades, a enfrentar desafios e a desenvolver seu potencial.

Prática Sócio-Interacionista - buscando integrar a educação formal e a informal, levando o aluno ao uso de conceitos na aplicação das situações-problema do seu dia a dia.

Relações escolares que contribuem para o alcance de nossos objetivos:


Com a família – ocorrem encontros periódicos entre coordenação educacional e pais, de forma individual, para que o desenvolvimento do aluno possa ter atenção especial de todos. Nesses encontros, são traçados planos conjuntos de ações entre a escola e a família, para que o trabalho seja redirecionado.

Com os alunos – atendimento individualizado sempre que necessário, para que a evolução do aluno possa ser analisada. Em sala de aula, há também um trabalho de acompanhamento e conscientização dos alunos, para avaliação contínua do processo evolutivo.

Com o Corpo Docente – Cursos, palestras e reuniões direcionadas ao corpo docente promovendo orientação e capacitação. O trabalho em sala de aula é acompanhado pela Direção Educacional, além da realização de avaliações de desempenho através de auto-avaliações e conversas individualizadas. Atividades de integração entre os professores também ocorrem, facilitando o entrosamento interdisciplinar.

Perfil do professor para que a prática pedagógica possa ocorrer de acordo com nossos princípios e objetivos:


”Acreditamos que o professor reflexivo, capacitado, inovador, que observa as diferentes maneiras de aprender e que está em constante troca e discussão sobre seu trabalho com outros docentes, desenvolve ações de maior qualidade e apresenta maior comprometimento com o processo educacional”.

6 - Ações, Eventos e Atividades

Ações Objetivos
Projeto Início Desenvolver a socialização e o equilíbrio, buscando o bem estar da criança no processo de integração ao novo ano.
Projeto Leitura Viva Incentivar a leitura por meio de variadas ações; Ciranda do Livro, Leituras Dirigidas, Ciclo Crítico-Literário, Saraus, entre outras.
PROEV – Projeto Objetivo Educação para Valores Complementar a tarefa da família, levando o aluno a refletir sobre valores como: respeito, amor, amizade, honestidade, lealdade, sinceridade, entre outros.
Projeto De Atualidades Interpretar o que acontece no mundo globalizado e relacionar com o estudo teórico de sala de aula, desenvolvendo a expressão oral.
PROAC – Projeto Objetivo de Ações Cidadãs Desenvolver a cidadania por meio de ações que incentivem a responsabilidade social.
Jogos Interclasses Promover integração entre as turmas da unidade escolar por meio de competições esportivas.
Olimpíada Interna Promover a integração entre alunos através de competições esportivas.
Atividades Extraclasse Completar o trabalho realizado em sala de aula, possibilitando ao aluno a vivência, na prática, de conceitos apresentados em classe.
PIEC – Projeto Integração Escola/Comunidade Promover encontros entre pais e escola, que permitam conversas, troca de experiências e reflexões sobre educação, buscando aproximação e parceria com as famílias.
Orientação Profissional Levar o aluno a descobrir suas habilidades, auxiliando-o na escolha da profissão.
Projeto Profissões Proporcionar aos alunos e convidados maior conhecimento sobre as diversas carreiras e últimas tendências de mercado profissional, por meio de palestras e visitas às universidades.
Festa Junina Estudo e vivência da tradição da Festa Junina e dos costumes do nosso povo.
FORMATURA Viagens e Festas que comemoram a conquista de uma etapa da vida escolar.
Escola do Mar – Angra dos Reis Propiciar ao aluno cursos de Biologia Marinha, Oceanografia, Ecologia, Navegação, Pesca, entre outros.
Simulados Momentos que simulam o clima do vestibular, para que o aluno possa testar seus conhecimentos, avaliar seus planos de estudo e verificar suas possibilidades.
TOM – Talentos Objetivo de Música Incentivar talentos e despertar o interesse pela música.
Valorização da Família Comemorar a representação da família – acolhimento à vida, a base de nossa formação – por meio de ações que valorizam a união e o aconchego do lar.
Fórum de Sustentabilidade O termo “Sustentabilidade” tem-se tornado um dos principais temas que preocupam o Planeta Terra, devido às modificações sofridas ao longo do tempo. O Fórum de Sustentabilidade tem como meta consolidar e aumentar a eficiência das práticas do desenvolvimento sustentável; buscando envolvimento com causas sócio-ambientais.
Mostra Científica Exposição, aberta aos pais, de trabalhos desenvolvidos nas aulas de ciências do 9º ano do ensino fundamental, com apresentações de maquetes e experimentos.
Olimpíadas Culturais Participar das Olimpíadas de Matemática, de Astronomia, de História, entre outras, leva o aluno a aprofundar seus conhecimentos, valorizando habilidades e competências.
Festa dos Aprovados Com o objetivo de comemorar a aprovação dos alunos nos vestibulares é realizada uma festa que valoriza o esforço de todos para alcançar os excelentes resultados.

7 - Sistema de Avaliação

O Sistema de Avaliação tem as seguintes características


Diversificado: uso de múltiplos instrumentos, proporcionando ao aluno diferentes possibilidades de verificação de sua aprendizagem. As avaliações podem ser de vários tipos: em grupo, individuais, com consulta, sem consulta, orais, laboratórios, dramatizações, debates, dissertativas, múltipla escolha, entre outros.

Frequente: rotineiro, fazendo parte do dia-a-dia do aluno, para que ele possa encarar o processo avaliativo como algo natural, que faz parte da vida e que é necessário e bom para o crescimento e a evolução de todo indivíduo.

Aleatório: sem calendário prévio, as avaliações podem ser aplicadas a qualquer momento, conforme o Projeto de Avaliação de cada professor. Desta forma, o aluno é levado a manter seus estudos em dia, desenvolvendo o hábito de estudar em casa diariamente.

Coerente: sempre com um objetivo claro e bem definido pelo professor (seja escrito ou oral), toda avaliação verifica o conteúdo efetivamente trabalhado em aula.

Ponderado: avaliando o aluno como parte de um grupo, as verificações de aprendizagem estabelecem relações entre os alunos da classe, entre as classes e as Unidades.

Participativo: com incentivo à participação ativa do aluno em sua avaliação através da autoavaliação e opiniões críticas apresentadas aos professores que conduzem o processo.

Utilizamos os seguintes conceitos:


PLE – Plenamente Satisfatório (quando o aluno atinge todos os objetivos propostos);


SAT – Satisfatório (quando o aluno atinge parte dos objetivos propostos);


NS – Não Satisfatório (quando o aluno não atinge o mínimo dos objetivos propostos).


Avaliação do Professor: Cada professor elabora seu Projeto de Avaliação Trimestral, em que apresenta a maneira como pretende avaliar a aprendizagem de seus alunos em suas aulas. Essas avaliações são aplicadas no decorrer do ano, aleatoriamente, conforme a periodicidade que o professor determina, levando o aluno a obter inúmeros conceitos, que resultarão num conceito final em cada disciplina.

Avaliações Multidisciplinares/ Integradas: Tem como objetivo valorizar o conhecimento geral sobre o específico, integrando as várias disciplinas. Leva o aluno a analisar seu resultado em relação a sua turma e em relação a ele mesmo.

Projeto de Atualidades: Tem o objetivo de vincular a escola com a realidade atual, levando nossos alunos a relacionarem o que aprendem em sala de aula aos acontecimentos do mundo globalizado. Ocorre um por trimestre, por meio de trabalhos em grupo englobando pesquisas, apresentações visuais e debates.

Autoavaliação: A autoavaliação é o momento em que o aluno é levado a refletir sobre si mesmo em relação a sua postura na vida escolar.

Conceito Final: É composto pelos Conceitos de Avaliação do Professor, Avaliação Integrada, Projeto Atualidades e Autoavaliação.

Recuperação: Tem como objetivo principal oferecer ao aluno a oportunidade de rever conceitos básicos da disciplina em que apresenta dificuldade de aprendizagem, visando ao seu melhor aproveitamento escolar.

Promoção ao ciclo seguinte: Ao término do ciclo, será considerado aprovado o aluno que obtiver conceito final “Plenamente Satisfatório” ou “Satisfatório” e frequência igual ou superior a 75% (setenta e cinco por cento).

8 – Casos Especiais

Avaliações Substitutivas – referentes às avaliações aleatórias: Quando o aluno não realizar uma determinada avaliação, fica a critério do professor considerar a necessidade ou não de aplicar a avaliação substitutiva num outro momento. Para tanto, cabe ao professor levar em conta a justificativa do aluno pela sua falta, o tipo de avaliação que o aluno perdeu, a periodicidade de suas avaliações conforme o número de aulas semanais, entre outros motivos.

Avaliações Substitutivas – referentes às avaliações agendadas em calendário prévio: O aluno deverá apresentar atestado médico/justificativa por escrito e solicitar na secretaria sua prova substitutiva, mediante pagamento.

Revisão de Resultados: Após a divulgação de qualquer resultado referente ao processo avaliativo, o aluno, seu pai ou responsável dispõem de 48 horas para solicitar eventuais revisões.

Abono de Faltas: Os abonos de faltas permitidos apenas em casos especialíssimos, previstos pela legislação (cirurgia grave, traumatismo, moléstia infecto-contagiosa), somente serão encaminhados à apreciação da Direção nas seguintes condições:
   Atestado com nome completo do aluno, nome e código da doença (CID), período de abrangência, assinatura e nome legível do médico, número do CRM;
   O atestado deve ser entregue até 48 horas após o final do período de abrangência. Após, não será aceito. A entrega deve ser feita na secretaria da unidade.

9 – Transferências e Matrículas

     A transferência poderá ser expedida em qualquer época do ano, quando requerida, ou a critério da escola no caso de faltas graves cometidas pelo aluno. O pedido de transferência deverá ser solicitado ao diretor da escola pelo pai ou responsável legal pelo aluno em impresso próprio, disponível em todas as unidades. Cumpridas as exigências contidas nesse impresso, a declaração será fornecida em dois dias úteis, e o restante da documentação, em trinta dias, conforme a legislação.
     As matrículas para o ano seguinte serão efetuadas em época determinada e previamente divulgada pela escola, sendo oferecidos prazos e condições especiais para os alunos que já estão cursando o Colégio Objetivo. A matrícula fica condicionada à apresentação de toda a documentação solicitada e à comprovação da conclusão da série anterior. A não reserva da matrícula para o ano seguinte implica a impossibilidade de opção pelo horário de preferência do aluno para cursar a série em que se matricular, reservando-se à Escola o direito de remanejamento para outro horário de funcionamento do Colégio Objetivo, na mesma unidade.

10 – Horários de Funcionamento

De segunda a sexta-feira, das 7h às 22h30

Sábados, das 8h às 12h.

11 – Horários das Aulas Curriculares

Ensino Fundamental


Período da Manhã – 8h às 12h30

Período da Tarde – 13h20 às 17h50.

Ocorrem 05 aulas por dia de 50 minutos, com intervalo de 20 minutos.


Ensino Médio


Período da Manhã – 7h10 às 12h30

Ocorrem 06 aulas por dia de 50 minutos, com intervalo de 20 minutos.

12 – Normas de Entrada e Saída dos Alunos

ENTRADA - Para assistir às aulas, o aluno deverá, necessariamente

Estar com uniforme escolar, incluindo o uso do tênis (obrigatório em todas as atividades do Ensino Fundamental e Ensino Médio);
Trazer material didático adequado para a atividade;
Cumprir, rigorosamente, o horário de entrada (são permitidos até três atrasos por mês, com entrada para a segunda aula, desde que justificados. A partir do quarto atraso, o aluno receberá um relatório de ocorrência escolar, seguindo o Código Disciplinar da Escola).

SAÍDA - ao Término das Aulas

Ensino Fundamental II (6º ao 9º ano)


Saída Livre – para alunos cujos pais autorizaram por escrito.

Ensino Médio

Saída Livre – para todos os alunos após o término do horário das aulas.

SAÍDA ANTECIPADA


Ensino Fundamental e Ensino Médio – antes do término das aulas

Saída com Pais ou Responsáveis – Pais ou responsáveis deverão assinar dia, hora e motivo da retirada do aluno;
Saída sem Acompanhante – Só será permitida mediante uma autorização específica preenchida e assinada pelos pais ou responsáveis;
Dispensa por Telefone – Só será permitida mediante uma autorização específica preenchida e assinada pelos pais ou responsáveis.

13 – Assistência Médica ao Aluno em Atividades Escolares

     No início do ano, é preenchida pelos pais ou responsáveis uma ficha de acompanhamento de saúde para cada aluno. Essa ficha fica arquivada na escola. Nela, estão, entre outros, todos os procedimentos a serem seguidos em casos de indisposição súbita ou eventuais acidentes que ocorrerem durante as atividades escolares. Quando não houver indicação do médico preferencial para encaminhamento do aluno, ele será levado ao hospital conveniado mais próximo de sua cidade, onde receberá o atendimento emergencial. Antes de qualquer procedimento por parte da escola, a família será imediatamente requisitada.

14 – Divisão Organizacional

     As Unidades do Colégio Objetivo são divididas em setores. Cada setor é responsável por um aspecto de funcionamento da unidade. Todos os setores estão disponíveis para atendimento aos alunos, desde que fora do horário de aula.
     Com relação ao atendimento a pais ou responsáveis e à comunidade em geral, solicitamos a gentileza de agendar o contato através do setor de Atendimento/Informações, para que o setor a ser procurado possa dispor de todo o tempo e de todas as informações necessárias para proporcionar o melhor atendimento individualizado.
     Em cada unidade, encontramos:

Atendimento e Informações – É o primeiro setor a ser procurado, pois encaminha todos os assuntos pendentes aos setores correspondentes. Responsável pelas principais informações referentes ao funcionamento da escola, pelo atendimento ao público, via telefone ou pessoalmente, e pela transmissão de recados a professores, alunos e funcionários;

Nathália, Angélica e Bianca

Secretaria de Notas, Faltas e Documentos – É responsável por toda a documentação da escola: boletins, históricos, relatórios, declarações, calendários, etc.

Amanda

Setor Financeiro

Andressa e Jéssica

Segurança e Manutenção – Setor responsável pela manutenção da limpeza, pelos serviços de zeladoria e pela segurança interna dos alunos e do patrimônio escolar;

Edison, José e Antônio

Limpeza

Cida, Severina, Antônia e Lucilene

Corpo Docente - São os professores. Para melhor acompanhamento do aproveitamento escolar do aluno, caso seja necessário, é possível aos pais que agendem horários para atendimento de forma individualizada;

Coordenação Educacional – Acompanha continuamente todos os itens relacionados à vida escolar do aluno: orientação de estudos, atividades extraclasse, aproveitamento escolar, socialização com os professores e demais alunos. Realiza um trabalho de conscientização e aconselhamento para resolução de eventuais dificuldades que os alunos possam enfrentar;

Geral: Nádia
Ensino Médio: Lisley, Mariane
Ensino Fundamental: Elaine

UNIP

Lucimara

Direção Escolar – Coordena o funcionamento de todos os setores da escola, além de acompanhar o trabalho realizado pelos professores quanto à avaliação, cumprimento da programação e acompanhamento dos alunos. Acompanha o trabalho da secretaria de notas, faltas e documentos, zelando pelo bom funcionamento burocrático da escola, de acordo com a legislação vigente.

Merlyn

15 – Normas Regimentais para os Alunos

Direitos dos alunos


Constituem direitos dos alunos:


Ser respeitado por todo o pessoal da escola e pelos colegas;
Ser considerado e valorizado em sua individualidade, sem comparação, nem preferência;
Ser respeitado em suas ideias religiosas;
Ser orientado em suas dificuldades;
Ser ouvido em suas queixas ou reclamações;
Receber, após o encerramento do semestre, seu boletim com resultados finais;
Receber seus trabalhos, tarefas e avaliações devidamente corrigidos;
Recorrer dos resultados das avaliações do seu desempenho.

Deveres dos alunos


Constituem deveres dos alunos:


Uso obrigatório do uniforme escolar não sendo permitido "RECORTA" ou "CUSTOMIZAR" a camista do uniforme de acordo com o contato firmado no ato da matrícula.
Comparecer, pontualmente, às aulas, às avaliações e às outras atividades preparadas e programadas pelo professor ou pela escola;
Encarregar-se das obrigações que lhes forem atribuídas pela Direção, por professores e por demais funcionários da escola;
Justificar sua ausência;
Tratar, com civilidade, os servidores da escola, bem como os colegas;
Colaborar na preservação do patrimônio escolar e de todo material de uso coletivo, concorrendo também para que se mantenha rigoroso asseio na escola;
Respeitar a propriedade alheia;
Atender a qualquer convocação da Direção, dos Professores, do(a) Secretário(a), do(a) Coordenador(a) Pedagógico(a) e do(a) Orientador(a) Educacional;
Indenizar os danos a que deu causa, tanto para o estabelecimento, quanto para servidores da escola e colegas;
Atuar com probidade na execução de trabalhos, de exercícios, de avaliações e demais atos escolares;
Ter adequado comportamento social, concorrendo sempre, onde quer que se encontre, para elevação de seu próprio conceito e o da escola;
Zelar pelos objetos pessoais (mochilas, roupas, materiais, entre outros) pois a escola não se responsabiliza por nenhum dano, perda ou furto destes.

Proibições


É vedado ao aluno:


Ocupar-se, durante as aulas, da execução de trabalho estranho a elas;
Ausentar-se das salas de aulas, recreios, intervalos, sem licença do professor, do(a) diretor(a) ou da pessoa incumbida da vigilância;
Formar grupos ou promover algazarra nos corredores e pátio, bem como nas imediações do estabelecimento, durante o período das aulas, tanto no início como no término;
Impedir a entrada de colegas às aulas ou concitá-los à ausência coletiva;
Entrar na sala dos professores, pois toda informação sobre o estudo deve ser solicitada durante a aula ou nos plantões dados pelos professores especialmente para esse fim;
Praticar, dentro ou fora do estabelecimento, atos ofensivos à moral e ao pudor;
Trazer, ao estabelecimento, revistas, jornais, livros ou quaisquer impressos ou objetos que possam perturbar o estudo ou serem ofensivos à moral;
Promover vendas, coletas e subscrições dentro da escola, para qualquer finalidade que seja, inclusive para presentear professores;
Gravar nas paredes, no assoalho ou em qualquer parte do edifício ou material escolar, desenhos ou sinais gráficos;
Promover ou participar de movimento grevista, no sentido de faltar às atividades escolares;
Permanecer parado nas imediações do estabelecimento ou nos bares vizinhos, ocasionando, com tal procedimento, perturbações à ordem pública;
Tomar qualquer iniciativa, dentro ou fora da Escola, na qualidade de aluno, sem prévia autorização da direção;
O uso de aparelhos eletrônicos que não fazem parte do material escolar, durante as aulas;
Fumar nas dependências da Escola (Lei Estadual 9.760 de 24/9/1997).
Levar para a escola objetos cortantes ou pontiagudos ou que possam ferir ou causar perigo ao próprio aluno e demais pessoas da escola.

16 – Esquema Disciplinar

O esquema de funcionamento disciplinar que é adotado, com a proposta pedagógica da escola, está baseado em aspectos que visam preservar a qualidade do processo educacional, para que possam ser atingidos todos os objetivos propostos. Também leva em consideração a necessidade de viabilizarmos a continuidade das aulas, pois é nelas que se inicia o processo de aprendizagem e de otimizar o funcionamento da escola para que todos os seus membros possam conhecer e usufruir de seus direitos e deveres.
As ocorrências disciplinares serão definidas como aquelas que se caracterizarem como descumprimento, por parte dos alunos, de seus deveres ou pela tomada de atitudes que constem no rol de proibições. As ocorrências disciplinares serão divididas em 4 tipos, segundo a sua natureza:

FALTA INDIVIDUAL: Ocorre quando o aluno prejudica apenas a si mesmo, enquanto aluno.

FALTA GRAVE: Ocorre quando o aluno prejudica a todo grupo, enquanto aluno.

FALTA CÍVICA: Ocorre quando a atitude tomada pelo aluno fere os deveres de cidadania que temos que ter, enquanto indivíduos.

FALTA INJUSTIFICÁVEL: Aquela que, a critério da escola, causa prejuízos institucionais ao funcionamento da mesma.

     A cada ocorrência disciplinar será emitido um Relatório de Ocorrências e Encaminhamento (ROE) que será preenchido pelo professor ou funcionário que testemunhar o fato. Será complementado pela Coordenação/Orientação Educacional em contato individual com o aluno e, posteriormente, será encaminhado pelo correio para conhecimento dos pais ou responsáveis, com solicitação para comparecimento dos mesmos à escola para análise mais individualizada da vida escolar do aluno e devolução do ROE assinado.
     As ocorrências disciplinares gerarão pontos que serão acumulados no prontuário individual do aluno. Estes pontos serão:

     Falta Individual: 01 ponto
     Falta Grave: 02 pontos
     Falta Cívica: 03 pontos
     Falta Injustificável: Pode levar a convocação imediata do Conselho de Escola para deliberação das medidas a serem tomadas quanto ao fato ocorrido.

     Ao atingir 18 pontos será convocado o Conselho de Escola para análise da situação deste aluno e de sugestões para procedimentos posteriores. O aluno que atingir 20 pontos será transferido compulsoriamente de escola.
     Com o intuito de auxiliar o aluno no processo de reformulação de sua conduta, criamos possibilidades de redução de pontos acumulados. Essas possibilidades serão:

     Os pontos acumulados serão válidos por 06 meses. Ao atingir o 7º mês os pontos do 1º mês serão reduzidos para a metade do total e assim sucessivamente (mês a mês);
     Após 12 meses, ao iniciar o 13º mês, os pontos do 1º mês serão totalmente suprimidos.

17 – Desafio Agendado

COLÉGIO OBJETIVO – Desafio Agendado

Uma nova oportunidade para ter uma Educação de Qualidade.

O Colégio Objetivo conclui sempre o processo de renovação de matrículas de seus atuais alunos com altíssimo índice de permanência de um ano para o seguinte, o que atesta nossa qualidade.
Oferecemos para sua comodidade a oportunidade de conseguir para este ano ou o ano seguinte uma bolsa de estudos baseada em uma prova agendada. Aproveite, faça a prova e seja bem vindo ao Colégio Objetivo.
Temos um número limitado de vagas oferecidas (o que também garante a qualidade do processo), por isso não perca a oportunidade de conhecer a escola que tem conseguido os melhores resultados nas avaliações de nossa região.
Agende por telefone junto ao atendimento e compareça com 10 minutos de antecedência.
Entre em contato, aproveite e seja bem vindo.

Contato: (11) 4518-6098